Fotografia de José Manuel Ribeiro

MASTER BOOT CAMP DE REPORTAGEM

A reportagem fotográfica é a área específica mais praticada por amadores e profissionais, seja na componente de fotografia de rua, documental, institucional ou jornalismo.

Este curso, em regime presencial e à distância, é fundamental para adquirir formação, treino logístico e auto-suficiência na produção e edição de trabalhos fotográficos nas áreas da reportagem de Desporto, Arte e Espetáculos, Política, Sociedade, Economia e Institucional.

O formando vai experienciar estas seis áreas da reportagem, e em cada uma delas será acompanhado por um formador com experiência e trabalho reconhecido nessa mesma especialidade. Além de aulas de grupo, cada formando terá acompanhamento individual, semanalmente. No final, terá completado um portfólio, através das tarefas que foi realizando, com a máxima autonomia possível, de forma a enfrentar o mercado de trabalho com todas as ferramentas necessárias e conhecimento prático.


Objectivos

No final desta formação o formando estará apto a:

- aplicar as suas competências como fotógrafo autónomo, freelancer;
- criar métodos de trabalho autónomos, definir e programar a sua agenda profissional;
- escolher os equipamentos necessários a cada reportagem e adaptar-se ao seu ambiente;
- identificar e distinguir as diferentes linhas editoriais, técnicas e estéticas, da fotografia de reportagem em diferentes media e meios;
- estabelecer relação entre os diferentes meios de publicação do seu trabalho na web: em formato pdf, portfólio pessoal, agências e bancos de imagens;
- organizar a apresentação das suas fotografias num meio de comunicação impresso ou electrónico;
- produzir um documento de visita que apresente as suas capacidades técnicas e criativas.

Áreas da Reportagem

Desporto, Arte e Espetáculos, Política, Sociedade, Economia e Institucional .

Formadores

José Manuel Ribeiro (coordenador Master Boot Camp Reportagem), José Carlos Carvalho, Daniel Rocha, Pedro Zenkle, Rita Carmo, Jorge Padeiro.

Destinatários

Pessoas com interesse na profissão de repórter fotográfico, estudantes da área da fotografia e da comunicação.

Calendário

Candidatura (CV + portfólio): 1 a 17 de Fevereiro de 2017
Candidatura prorrogada até 24 de Fevereiro de 2017
Inscrição dos selecionados: 27 Fevereiro a 6 Março de 2017

Duração: de 6 Março a 9 de Maio de 2017

 

Mais sobre o Master Boot Camp de Reportagem

Pré-requisitos

É essencial ter conhecimentos informáticos na óptica do utilizador, ter acesso regular à internet e possuir uma conta activa no Google. Bom domínio das câmeras fotográficas e do tratamento digital de fotografias.

Candidatura

Os candidatos a este curso devem enviar um portefólio com um máximo de 25 fotografias, aquando da inscrição, em formato impresso ou electrónico. Posteriormente, os escolhidos serão chamados a uma entrevista presencial.

Equipamento necessário

Os formandos devem dispor de uma câmera fotográfica digital que permita o controlo manual da exposição, da focagem, da sensibilidade e da temperatura de cor, de preferência uma câmera do tipo DSLR, Bridge ou Mirrorless.

Duração

O tempo de estudo e de trabalho para este curso é de 100 horas, que inclui as aulas presenciais, as aulas síncronas e o tempo dedicado ao estudo, à pesquisa e ao trabalho prático efectivo requerido para a avaliação final. O curso é distribuído por aulas presenciais (12 horas), aulas online (14 horas), acompanhamento individual (4 horas) e aulas práticas autónomas (69 horas).

Corpo docente

jose manuel ribeiro

José Manuel Ribeiro

José Manuel Ribeiro iniciou a sua carreira profissional em Lisboa em 1982. Após um período ligado à fotografia de publicidade e empresarial, iniciou-se no fotojornalismo no ano de 1986. Trabalhou na agência LUSA, diário Público, agência Reuters e é actualmente colaborador da Agence France Press, Global Imagens e da GlobalEyeImages. >> Ler mais

daniel-rocha-150x150

Daniel Rocha

Repórter fotográfico do Público, desde julho de 1992. Realizou várias reportagens nacionais e internacionais. Destaque para a erupção do vulcão da Ilha do Fogo (Cabo Vede), visita do Papa João Paulo II a Cuba e luta do povo maubere pela independência de Timor-Leste. >> Ler mais

jorge Padeiro150x150

Jorge Padeiro

Jorge Padeiro, longe do gosto pelo retrato humano e da abordagem da fotografia como arte, é na reportagem que melhor enquadra. Formado em Fotografia e Jornalismo na ETIC, ISCTE e no CENJOR, começou em 1993 a fotografar para os órgãos de comunicação social. >> Ler mais

pedro zenkl 150x150

Pedro Zenkl

Pedro Zenkl, fotógrafo profissional desde 1992 com trabalhos publicados em vários meios de comunicação social: Jornal Record, Jornal O Jogo, Jornal A Bola, Jornal Correio da Manhã, Revista FHM, Revista Equitação, Revista Doze, Revista J, entre outras publicações. Colaborou ainda com as agências noticiosas Associated Press (AP) e Agence France Press (AFP). >> Ler mais

rita carmo 150x150

Rita Carmo

Rita Carmo é fotógrafa dedicada à cena musical há 24 anos. Iniciou a publicação de fotografias no semanário Blitz em 1992 onde permanece fotógrafa residente. Tem fotografias editadas em diversas publicações portuguesas e estrangeiras. >> Ler mais

Jose-Carvalho-Retrato150

José Carlos Carvalho

Nasceu em Luanda em 1970. Com o curso de fotografia da Ar.Co iniciou a sua carreira na imprensa regional, sendo posteriormente convidado a ingressar no Correio da Manhã. Foi repórter fotográfico e editor de fotografia no Diário de Notícias e está na revista Visão desde 2007. Atualmente leciona no Instituto Português de Fotografia e no Instituto Politécnico de Tomar. >> Ler mais

Metodologia

Os formandos terão um conjunto de 4 aulas presenciais, distribuídas pela aula de apresentação e ambientação online, duas aulas de edição e finalização dos trabalhos, e pela aula de avaliação final com comentários e debate entre formandos, formadores e Master(s) convidado(s).

Os formandos terão 6 aulas síncronas, assistidas e apoiadas por 6 formadores diferentes, relacionadas com as áreas de reportagem que formam o curso: sociedade, economia, desporto, política, institucional, cultura e espectáculos. O acompanhamento nestas aulas decorre em ambiente individualizado e colectivo.

O conjunto da prática e produção autónoma da responsabilidade do formando corresponde a um mínimo de 69 horas.

Certificado

A frequência com classificação positiva confere ao formando um Certificado de Aproveitamento emitido pelo SIGO – Sistema de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa. As competências adquiridas durante a formação constarão do Certificado Individual de Competências.

A avaliação tem em conta as classificações obtidas nos trabalhos realizados.

Valor

€ 575 a pronto pagamento.
€ 640 em duas prestações.

Campanha de lançamento: 10% desconto
Antigos formandos do IPF: 10% desconto

Os descontos são acumuláveis (10% + 10%).
Isento de IVA ao abrigo do nº 15 do Artº 9 do CIVA.